Coronavírus é usado por hackers para aplicar golpes na internet, fique atento

0

Na última sexta-feira (13), a empresa de inteligência de ameaças cibernéticas Domaintools publicou uma nota na qual alerta sobre o mais recente perigo virtual: o CovidLock.

Trata-se de um ramsomware – isto é, um software malicioso que infecta computadores, celulares e outros dispositivos eletrônicos, e exige o pagamento de uma taxa para fazer o sistema voltar a funcionar – contraído por meio do download do aplicativo Covid-19 Tracker.



Os usuários são atraídos para o aplicativo por meio do site coronavirusapp, que garante que, ao fazer o download da ferramenta, dará acesso a um rastreador de pessoas infectadas pelo novo coronavírus em tempo real.

Uma vez baixado o aplicativo, o equipamento eletrônico é infectado instantaneamente pelo CovidLocker. O ransomware, então, exibe uma nota de resgate na qual solicita 100 dólares, cerca de 500 reais, em bitcoin que devem ser pagos em 48 horas.

O não pagamento do valor implicaria em uma série de consequências para o usuário: ter suas fotos, vídeos e contatos apagados, bem como a memória do celular, além de ter suas contas de mídia social vazadas publicamente.

A equipe de pesquisa de segurança do Doimain Tools orienta que as pessoas certifiquem as fontes de informações confiáveis nos sites do governo e das instituições de pesquisa. E também que não clique em links recebidos por e-mail relacionado à saúde.

Outra orientação é fazer o download apenas de baixar aplicativos disponibilizados na Google Play, loja oficial para celulares com sistema operacional Android ou disponibilizados na App Store, da Apple. Existe um risco muito maior de baixar malware em lojas de terceiros.

Fonte: Portal R7

Deixe um comentário:

Please enter your comment!
Please enter your name here